fbpx Skip to main content
0
Tag

Marketing Digital

Capa do artigo do blog sobre conversão

Conversão: Melhores estratégias para site

By Site No Comments

Oi, pessoal! Gui, da 7mídias, passando pra trazer mais um conteúdo top pra você! Hoje vou mostrar algumas estratégias de conversão para sites e como atrair muitos clientes através delas!

Bom, nós sabemos do potencial que os sites têm. Mas você está de fato aproveitando todo esse potencial? Um site sem estratégias de conversão só serve pra expor informações. 

Por isso, vou te mostrar aqui algumas dessas estratégias pra deixar seu site com um poder muito maior de transformar leads em clientes! 💪🏼  Vamos lá!

😱 Sua empresa ainda não tem um site? A 7mídias faz pra você!

1. CTAs

O Call To Action (chamada para ação), ou simplesmente CTA, é todo tipo de informação que leve o leitor a realizar uma ação. 

É um conceito não só de Marketing Digital, mas também de experiência do usuário. As informações mais importantes de uma página virtual devem chamar mais atenção do que as menos importantes.

Se você tem um site pro seu negócio, ele precisa estar repleto de CTAs. Os mais comuns são os botões de interação, como “COMPRE AGORA” ou “VER PRODUTOS” (botões de conversão), mas também podem vir em forma de pop-ups, banners, ícone de WhatsApp ou até mesmo links no meio de um artigo de blog.

E, claro, como eu disse ali em cima, as informações mais relevantes devem estar acompanhadas de botões mais chamativos.

Pra ilustrar, vou dar um exemplo aqui embaixo de como usar um CTA da forma mais eficiente:

Banner principal no site da Work Med com botão de conversãoBanner principal no site da Work Med

💻 É tempo de estar online: tenha seu site agora com a 7mídias

No site da Work Med, vemos logo de cara dois CTAs de conversão. Você deve ter reparado no primeiro, aquele botão grandão escrito “CONTRATAR”. Mas onde está o outro?

Se você olhar bem, o botão pedindo pra pessoa contratar o serviço aparece ali em cima no menu de novo, com mais destaque que os demais itens.

“Ué?! Mas pra que repetir se já usou um botão???”. Bom, no caso de uma clínica de medicina ocupacional, o que ela mais quer é que o usuário contrate os seus serviços. Então, vamos bombardear esse usuário de chamadas para a ação de contratar!

Eu mesmo já joguei dois CTAs aí na sua tela pedindo pra fazer seu site com a 7mídias e talvez você nem tenha notado (se você não notou, garanto que seu inconsciente, sim 😉).

E pensa que acabou por aí? Não mesmo! O botão de “CONTRATAR” ainda vai aparecer mais duas vezes enquanto rolamos o scroll na homepage:

Banner secundário no site da Work Med com botão de conversãoCTA de conversão “CONTRATAR” também na seção de serviços

Quando o usuário chegar no fim da página, verá outro botão parecido.

Além da frequência, outra coisa que um CTA precisa ter é o contraste na medida certa! Os links mais importantes precisam vir ancorados a botões mais chamativos, com mais contraste.

Listo aqui algumas formas simples de gerar contraste em botões, que são os Call To Action mais comuns:

1. Tamanho maior

Banner principal no site da Bicho Meu é maior para gerar conversãoSite da Bicho Meu: Botões de banners principais geralmente são maiores que os demais da página.

2. Cor de fundo complementar ao background do site

Banner com CTA de conversão e cor de fundo complementares no site da AmplicNo site da Amplic, vemos muitos CTAs roxos contrastando com o verde da marca.

3. Uso de ícones

Banner com ícones no site da Vista CapitalNo site da Vista Capital, esses dois CTAs vêm acompanhados de setinhas, buscando o clique do usuário.

4. Interações e movimento

Botão com interatividade ao passar o mouse por cimaA interatividade deixa os botões ainda mais chamativos!

5. Fundo preenchido ou vazado

Banner principal no site da Besser com ctas de conversãoUm banner no site da Besser tem um botão com fundo preto (mais chamativo) e outro com fundo vazado. 

2. Pop-ups

O pop-up é um recurso também muito útil, mas um pouco controverso por não oferecer necessariamente a melhor experiência ao usuário.

Pra ter ideia, até mesmo o criador do pop-up, Ethan Zuckerman, se desculpou com a internet depois de alguns anos da sua criação, nos anos 90. “A intenção era boa”, disse o programador. 😂

As pessoas “amam” tanto esse recurso que, se você procurar “pop-up” no Google, os primeiros resultados são todos sobre “como bloquear pop-ups no seu navegador”. 🚫

Apesar disso, o pop-up não foi abandonado pelas empresas. Isso se deve ao seu (ainda) grande potencial de clique pelo usuário.

O mesmo motivo que faz dele inconveniente também o faz útil! Quando o usuário é obrigado a ver uma janela na sua frente antes de começar sua navegação na página, ele tem muito mais chances de clicar do que se estivesse apenas exposto a uma seção tradicional do site.

E, claro, os pop-ups servem pra forçar o usuário a realizar alguma ação estratégica. Falando nisso, apresento aqui alguns tipos de conteúdo pra você exibir nos pop-ups do seu site:

1. Informações importantes

Quando se quer mostrar aos clientes que a empresa vai ficar aberta no feriado tal ou que está tomando as medidas de higiene necessárias durante uma pandemia, por exemplo, exibir essa informação logo que o usuário entra na tela é muito útil.

Fica ainda mais poderoso quando seu site é o principal meio de comunicação com os clientes e tráfego de leads. Dessa forma, conseguimos mostrar aquela informação para boa parte da sua audiência.

Veja a imagem que aparece no site da Rio Vet logo que entramos nele:

Popup informativo no site da Rio VetPop-up informativo no site da Rio Vet

2. Promoções relâmpago

Uma ótima estratégia de venda é fazer seu cliente achar que está desperdiçando uma chance de ouro se ele não comprar logo o seu produto ou serviço em promoção.

Colocar esse tipo de promoção em um pop-up provoca um sentimento de urgência e ansiedade ainda mais intensos no potencial comprador, e ele será impulsionado a comprar esse produto sem pensar duas vezes.

3. Produtos mais vendidos

Outra ótima informação a ser exibida no estouro de um pop-up é a divulgação dos carros-chefes do seu negócio.

Se a maior parte das pessoas procura sua empresa por esses produtos, uma boa ideia é já mostrá-los logo na tela do usuário e encaminhá-lo direto para a página de compra.

4. Formulário de e-mail em troca de e-book ou newsletter

Hoje em dia, talvez seja a mais usada em todos os pop-ups!

Dar um brinde em troca do e-mail torna o pop-up muito menos inconveniente e, às vezes, até agradável ao usuário que pode ter interesse no seu produto “grátis”.

A 7mídias tem um pop-up assim, oferecendo um e-book sobre como fazer sua empresa crescer no Instagram.

popup de conversão oferecendo ebook no site da 7mídias

O pop-up do site da 7mídias oferece um e-book em troca do email do usuário.

5. Carrinho abandonado

Esse tipo de estratégia é uma última tentativa de não deixar o cliente fugir de você!

O popup de carrinho abandonado é disparado logo que o cliente tira o mouse do seu site e apela pra que ele volte:

pop-up de exemplo para demonstrar urgência

Exemplo de pop-up de promoção relâmpago

3. Blog

Hoje em dia muita gente acha que blog é coisa do passado. Mas não se engane! Os blogs modernos trazem muito tráfego pros sites de empresas (e tráfego traz conversão).

E lembrando do funil de vendas, tráfego gera leads e leads podem se tornar clientes!

Mas não é só escrever qualquer texto sobre qualquer coisa. Para fazer um bom blog, é preciso ter um conhecimento de comunicação, Marketing Digital e SEO. Artigos bem feitos precisam de muita pesquisa e técnica para terem bom desempenho nos buscadores (Google, Bing etc).

Um dos cases de sucesso da 7mídias é o blog da Metalúrgica Besser. Nele, escrevemos posts relacionados ao ramo da metalurgia, mas que também são de interesse das pessoas.

Dois artigos aumentam (e muito) o tráfego orgânico no site da Besser. O primeiro é sobre como tirar ferrugem de ferro e o outro sobre como pintar ferro com tinta spray. Dois posts que são encontrados a partir de dúvidas comuns dos usuários e que todo mês fazem aumentar significativamente a relevância do site da Besser.

estatísticas de pesquisa do Google Search Console

Estatísticas de pesquisa do blog da Metalúrgica Besser

O trabalho de blog é árduo e de longo prazo. Mas é uma das melhores formas de gerar conversão e atrair tráfego orgânico e qualificado pro seu site!

💡 Agora, se você não tiver tempo ou segurança pra escrever artigos pro blog da sua empresa, lembre-se que a 7mídias pode fazer isso por você! 😁

4. Chatbot

Cada vez mais utilizados, os chats com inteligência artificial são um caminho ótimo para conduzir um usuário perdido no caminho que ele precisa seguir!

Existem alguns serviços para implementar um chatbot, além de outros que utilizam a API do WhatsApp no próprio site.

Lembra do site da Work Med? Olha ali no cantinho inferior direito o botão do WhatsApp:

Botão de conversão do WhatApop no site da Work Med

O site da Work Med tem um botão de WhatsApp

Quando clicado, ele leva o usuário direto para a conversa com o atendimento da WorkMed no WhatsApp!

Já no site da 7mídias, fizemos diferente! Colocamos a Vivi em forma de robô no canto da tela chamando o usuário pra uma conversa:

chatbot do site da 7mídias

Chatbot do site da 7mídias

Quando clicado, ele faz algumas perguntas para conhecer melhor nosso cliente e o encaminha pro seu serviço de interesse!

chatbot do site da 7midias

Nosso bot foi feito através do Landbot.io, mas existem outros serviços com o mesmo intuito!

5. Formulários de contato

Clássicos. Quando a comunicação da sua empresa se dá principalmente por e-mail, seu site deve ter um desses.

Eles são muito úteis pra captar bastante informação do usuário, entender suas dores e criar um banco de leads. A forma como você vai converter leads em conversão é outra história.

Um bom formulário se preocupa com as informações que se quer obter do usuário, além de ter um design elegante e de fácil entendimento pra quem vai preencher.

Existem vários plugins que vão te auxiliar na construção de um formulário bacana. Indicamos o Contact Form 7, disponível pra WordPress.

Aqui tá um exemplo ótimo do site do Pedro Abreu, advogado:

formulário de contato do site do Pedro Abreu

Formulário de contato do site do Pedro Abreu

Nele temos um filtro de informações sobre a área de interesse do cliente. Sabendo disso, o Pedro já pode encaminhar o cliente para o setor responsável por isso! 😉

⚠ Não esquece de colocar como obrigatórias as informações mais importantes!

Escolhi minhas estratégias de conversão e já apliquei no meu site. Como faço pra saber se deu certo?

Google Search Console

É a plataforma perfeita pra acompanhar o desempenho do seu site. 

No Search Console, você pode ver quantos cliques e impressões seu site tem, saber quais buscas dos usuários mais encontram seu site, enviar sitemaps e muito mais!

Estatísticas de desempenho do Google Search Console

Estatísticas de desempenho no Google Search Consele

Como o Google Search Console é uma plataforma com dezenas de funcionalidades, não vai dar pra eu mostrar todas aqui. Então esse assunto vai ficar pra um próximo post!

Esperamos que tenha gostado!

Um abraço e até a próxima! 😉

Marketing Digital: 5 verdades que ninguém conta

Marketing Digital: 5 verdades que ninguém conta

By Marketing Digital No Comments

Se você está chegando no nosso blog pela primeira vez, prazer! Nós somos a 7mídias, sua boutique de marketing digital 🙂

Somos uma agência focada em resultados: nos preocupamos em sempre trazer e realizar as melhores estratégias para você e seu negócio.

Se você quer aprender um pouco mais sobre esse universo de marketing digital, está no lugar certo! 🎉

Hoje, vamos explicar melhor sobre esse trabalho e também desvendar 5 verdades que ninguém te conta sobre ele.

Esperamos que você goste e boa leitura! 🙂

O que é Marketing Digital?

Talvez você revire o olho com essa pergunta. 

Afinal, não é óbvio?

Bom, nem tanto 🤷‍♀️

Quer ver?

Tente definir o que é marketing digital (não vale falar que é uma empresa postar no Instagram ou Facebook :P).

Difícil, não é? 

“Marketing Digital” é uma expressão que passou a ser muito usada nos últimos anos e por isso estamos bastante familiarizados com ela. Mas é importante entendermos qual é de fato o seu objetivo.

Então, vamos lá:

Marketing Digital é um conjunto de ações que uma empresa faz por meio de canais digitais com o objetivo de gerar resultados — sejam eles online ou offline.

Pronto! Simples assim 🙂 

Repare que marcamos 3 termos-chave nessa frase: “ações”, “canais digitais” e “resultados”. 

Vamos entender melhor cada um deles?

  • Ações: Pode ser o disparo de um de SMS, um post em um blog, o envio de uma newsletter, um anúncio em uma página da internet… Enfim, pode ser qualquer tipo de atividade, desde que ela seja feita por um dos…
  • Canais Digitais: São os meios por onde você recebe as ações. Um canal digital pode ser o seu celular, e-mail, uma rede social, página na internet etc.
  • Resultados: É o que você quer obter com a ação feita. Ou seja, uma conversão! Pode ser uma venda, uma obtenção de lead, o acesso a uma landing page…

Agora que já definimos bem o que é Marketing Digital, podemos entrar no tema principal deste artigo, que são as 5 verdades que ninguém te conta sobre ele. 

Vamos lá?! 😉

5 verdades que ninguém te conta sobre Marketing Digital

1. O Marketing Digital não vai salvar o seu negócio

Vamos começar já de cara com um tópico um pouco polêmico.

É muito comum clientes chegarem até nós com a esperança de que o marketing digital vá salvar seus negócios. 

O marketing digital é uma parte muito importante da estratégia de marketing de qualquer empresa que deseja sobreviver aos tempos modernos.

Para explicar o que estamos afirmando, vamos usar um exemplo que vai ilustrar melhor: 

Imagine uma empresa que queira lançar um produto no mercado e contrate uma ótima agência de marketing digital (tipo a gente! 😎 rs).

Um projeto de lançamento é feito, com um conteúdo rico e visualmente atraente para redes sociais, artigos de blogs bem escritos e otimizados para SEO e uma automação de e-mails trabalhada focando na jornada do consumidor.

O resultado? Um sucesso! 

Os usuários amam o conteúdo, sua linguagem visual e são seduzidos pelo que está sendo oferecido.

Mas, na hora de comprar… 

A empresa não consegue cumprir com um bom serviço: a entrega atrasa, o produto não tem qualidade, os funcionários não são treinados para oferecer um bom atendimento, entre outros vários problemas.

Qual é o resultado agora? Clientes frustrados com o produto e a falta de cuidado da empresa em tentar solucionar o problema. 

E, como já falamos, tudo isso está ligado diretamente à imagem da empresa.

Consequentemente, o engajamento nos canais digitais começa a cair, os comentários e avaliações negativas crescem e a empresa perde seu prestígio.

Claro que o marketing digital pode (e deve!) ajudar a solucionar esse problema. 

Mas o que adiantaria a promoção de novas ações superinteressantes se a própria empresa não demonstra interesse em melhorar suas outras áreas de atuação e continua desapontando seus clientes?

2. O Marketing Digital não acontece da noite para o dia

Se tem uma coisa com a qual nós, profissionais do marketing digital, temos que lidar constantemente é com as altas expectativas de novos clientes.

É muito comum empresários chegarem até nós sem nenhum engajamento em suas redes sociais e esperarem um crescimento de 10 mil seguidores e uma chuva de likes da noite para o dia, simplesmente por postar nesses canais. 

É um pensamento bastante compreensível, já que o próprio marketing digital sempre se vendeu como uma solução instantânea para o seu negócio.

Esse tipo de situação que descrevemos pode sim acontecer. Inclusive, temos alguns cases assim, mas eles não são regras. São exceções.

É muito difícil uma empresa sem nenhuma estrutura digital bombar da noite para o dia simplesmente por conta de um trabalho orgânico. 

Marketing pago x Marketing orgânico 

Para explicar melhor essa verdade, vamos diferenciar o marketing pago do orgânico:

Marketing Pago

  • É aquele em que você inv$te para prospectar clientes mais rapidamente.
  • Exemplos: anúncios em sites, vídeos e redes sociais.
  • Solução de curto prazo e imediata.

Marketing Orgânico

  • É aquele que trabalha para prospectar clientes gratuitamente.
  • Exemplos: artigos de blogs e posts em redes sociais.
  • Trabalho com resultados a longo prazo. 

👉 É muito importante levantar que ambas as estratégias são importantes e complementares.

Portanto, por mais que o trabalho de marketing orgânico seja essencial para a prospecção a longo prazo e o branding de qualquer empresa, para ter essa “chuva de likes” no início do trabalho, é preciso estar disposto a investir em tráfego pago.

3. Marketing Digital não é só redes sociais

Quando falamos em marketing digital, 99.99% das vezes pensamos em redes sociais

Isso faz sentido, já que este é o canal digital que estamos mais habituados a usar, tanto como pessoa física quanto jurídica. 

Mas não é só lá que a mágica acontece. 

Um bom trabalho de marketing digital deve focar em estruturar diferentes frentes digitais, como blogs, newsletters e anúncios pagos. 

Veja o porquê:

A. Você tem mais controle sobre o seu conteúdo

Falamos bastante sobre isso no nosso Instagram na época em que ele removeu os likes. Quem lembra?

Depositar todo o seu trabalho de marketing e conteúdo em um só lugar (que, dependendo do caso, nem pertence a você) é bem perigoso.

O que aconteceria se o Facebook e Instagram desaparecessem do dia para a noite?

 

View this post on Instagram

 

A post shared by 7Mídias (@agencia7midias) on

Pode parecer uma ideia maluca, mas, há um tempo atrás, o Instagram saiu do ar por algumas horas.

Foi um período curto, mas suficiente para abalar o planejamento de marketing de muitas marcas.

Imagina, então, o que aconteceria se ele desaparecesse?

E, mais importante, como o seu negócio ficaria?

Se ele baseia toda sua estratégia de marketing e relacionamento somente nesta plataforma, pode acabar vendo seu trabalho ir por água abaixo literalmente em questão de minutos. 

B. Diferentes canais atingem diferentes pessoas em diferentes estágios de compra

Cada rede digital tem suas características próprias que funcionam para diferentes objetivos.

Se você souber aproveitar todas elas, vai otimizar ainda mais seu poder de conversão.

Marcas de moda são um segmento do mercado que sabem aproveitar muito bem essas diferenças em seu trabalho.

Quer ver?

Vamos usar o exemplo de uma jornada de compra de uma personagem que vai viajar para um país frio:

  1. Um dia, na aba “Explorar” do Instagram, o usuário encontra uma marca de casacos de inverno.
  2. Ele acessa o perfil da marca, passa a segui-la e entra em sua loja virtual.
  3. Ele navega pelo site, simula uma compra de um produto, mas pensa melhor e desiste.
  4. Diariamente, ele continua recebendo em seu feed notificações e conteúdos da marca, com fotos bonitas, que estimulam o seu desejo pelo produto.
  5. Três dias depois, ele recebe um e-mail da loja indicando um artigo em seu blog com dicas para montar produções com roupas de inverno. Ele se interessa e clica no link.
  6. No artigo, após cada ideia, existem botões otimizados, que permitem a compra imediata dos produtos indicados na postagem.
  7. O usuário vê novamente a peça que pensou em comprar em uma das produções feitas no blog.
  8. Agora ele está decidido: clica no botão para comprar e finaliza a compra.

BUM! Conversão feita! 💥

Aqui, nós mostramos o exemplo de um perfil de comprador mais complexo e exigente, que requer mais trabalho para converter.

Também existem os que vão converter no 3º passo. 

Mas você e seu negócio devem estar preparados para esses dois tipos de clientes (e todos os outros que ficam no meio!). 

C. Diferentes mídias trabalham diferentes estratégias

Além de trabalhar simultaneamente diferentes perfis e estágios de clientes, a diversificação funciona para diferentes propósitos. 

Por exemplo, uma postagem em uma rede social pode fazer muito sucesso hoje, mas amanhã não vai mais engajar. 

Ou seja, funciona muito bem para manter a lembrança da marca constantemente acesa. 

Já uma de blog têm um crescimento orgânico mais lento, trazendo benefícios a longo prazo, como construção de autoridade e branding.

4. Antes de trabalhar o seu marketing, você precisa saber quem é

lagarta da Alice: quem é você?

Assim como o milagre da chuva de likes, muitos empresários chegam até nós achando que querem um trabalho de marketing digital, quando precisam antes de um bom planejamento de branding (que nós também fazemos! 😎).

Já falamos mais aprofundadamente sobre esse trabalho aqui, mas, de forma geral, o branding é tudo aquilo que está envolvido no relacionamento da empresa com seu público e mercado.

São ações que ajudam a criar e reforçar a personalidade de uma marca.

Entender quem você é antes de estruturar seu marketing digital é importante porque permite traçar uma estratégia de ação muito mais assertiva e efetiva.

Aqui vai um exemplo muito básico:

O simples fato de saber que o público do seu negócio é B2B permite entender em quais espaços o seu cliente em potencial está — usando o exemplo mais tangível das redes sociais, talvez não seja nem no Instagram nem no Facebook, e sim no LinkedIn 🙂

5. O Marketing Digital está sempre mudando

Tá bom, entre todos os tópicos que apresentamos, talvez esse seja o menos revelador. 

Afinal, o MUNDO está mudando constantemente, principalmente graças à nossa revolução digital.

E como é que o Marketing Digital, que carrega a palavra “digital” em seu nome, não seria assim também? 

Por isso, para trabalhar com Marketing Digital, é preciso estar aberto a mudanças, disposto a testar e experimentar novas fórmulas, a sempre buscar novas soluções e, claro, acompanhar todas as métricas e dados para ver e entender seu crescimento.

A gente sabe, é muita coisa. 

Afinal, você já precisa administrar outras partes importantes do seu negócio, como a financeira, legal e administrativa. Ainda precisa cuidar disso?

Mas, não se preocupe, estamos aqui para te ajudar! 😎

conheça a 7mídias, sua boutique de marketing digital

Contamos todas essas verdades porque acreditamos que a transparência deve ser o primeiro passo para uma parceria de sucesso.

Fazemos questão de sempre mostrar um planejamento realista e alcançável feito especialmente para atender suas necessidades e as da sua empresa e queremos convidar você para conhecer um pouquinho mais do nosso trabalho:

1. A gente faz questão de conhecer você e sua empresa!

Se você gostou da 7mídias e quer nos conhecer melhor, nossa equipe faz questão de te ligar para bater um papo.

Queremos entender o seu negócio, suas dores e necessidades

CLIQUE AQUI PARA ENTRAR EM CONTATO COM A GENTE!

Isso vai nos ajudar a oferecer o que você realmente precisa — não queremos empurrar uma série de serviços que não fazem sentido para o seu negócio.

2. Deixa com a gente: nós elaboramos seu planejamento estratégico

Oba! Agora é a parte mais divertida!

É a hora de planejar suas prioridades e objetivos por cada tipo de canal. 

Nós montamos um plano de ações eficiente e fácil de acompanhar, para que você possa estar sempre a par de tudo o que estamos fazendo à medida que avançamos com o trabalho. 

3. Nós entregamos resultados

Além de contar com o atendimento mais cuidadoso do mercado e receber um trabalho de alta qualidade, você poderá acompanhar seu crescimento junto a nossos especialistas em conversão.

Se quiser, pode assinar também o nosso Dashboard personalizado, assim, você tem acesso em tempo real a todos os dados mais valiosos para o seu negócio atualizados minuto a minuto. 

Dashboard para analisar seu marketing digital

Estamos te esperando!

Chame a gente para te ajudar a montar uma estratégia de marketing digital que seja eficiente para você se seu negócio:

QUERO TRAÇAR UMA ESTRATÉGIA PARA O MEU NEGÓCIO!

Esperamos que esse artigo tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre esse universo maravilhoso que é o marketing digital!

Se você ficou com alguma dúvida, pode perguntar nos comentários aqui embaixo. Vamos adorar poder te responder!

Para mais conteúdos como esse, siga nossas redes sociais e fique sempre de olho no nosso blog! (:

Um abraço e até a próxima 🙂