fbpx Skip to main content
0
Category

E-commerce

5 estrelas, quanto é o NPS da sua empresa?

NPS: O teu público é fiel? Saiba como descobrir!

By Empresas No Comments

Net Promoter Score (NPS) é uma metodologia usada pra medir a satisfação dos seus clientes baseando-se em duas perguntas: “o quanto você nos recomendaria pra um amigo?” e “por quê?”. É uma ferramenta muito útil pra corrigir falhas no atendimento e ainda reforçar a autoridade da empresa.

E por falar nisso, como anda o atendimento da sua empresa? 

Atender com qualidade vai muito além de uma proposta de valor, mas é um fator crucial pra manter clientes antigos e adquirir novos. Afinal, a gente só indica pros amigos aquilo em que confiamos, certo?

Acontece que muitos negócios cometem o grave erro de investir em crescimento e na aquisição de novos clientes e acabam deixando de lado um bom atendimento aos que já são clientes.

Por isso, apesar de muito conhecida, a metodologia NPS ainda é muito ignorada na estratégia de algumas empresas. Mas estamos aqui justamente para mudar esse quadro na sua empresa!

No post de hoje vamos te contar:

  • O que é NPS
  • Qual a importância dessa pesquisa
  • Como avaliar os resultados
  • Dicas de ferramentas para fazer o seu NPS

Vamos nessa?

O que é NPS?


Como já te contamos, Net Promoter Score (NPS) é uma metodologia usada pra medir a satisfação dos seus clientes com base em duas perguntas: 

👉  O quanto você nos recomendaria pra um amigo?
👉  Por que você recomendaria?

É uma ferramenta muito útil pra corrigir falhas no atendimento, reforçar a autoridade da empresa e, ainda, avaliar o grau de fidelidade dos seus clientes.

O termo ganhou popularidade após uma publicação de Fred Reichheld, Consultor da Bain & Company, em uma revista da Universidade de Harvard.

💡 Aliás, aqui vai uma #dicadeleitura pra gestores que precisam monitorar a qualidade dos seus produtos, serviços ou atendimento: o livro “A pergunta definitiva”.

O livro traz dicas de como garantir a lealdade dos clientes com base na metodologia NPS.

Mas por que preferir o NPS ao invés de uma pesquisa mais completa?


Bom, essa forma de pesquisa tem algumas vantagens e a primeira delas, sem dúvidas, é ser bastante objetiva e completa.

Como te contamos no tópico anterior, com apenas uma ou duas perguntas você consegue extrair resultados conclusivos sobre o seu produto ou serviço.

Exemplo de NPS com duas perguntas: "qual a probabilidade de você indicar a 7mídias para um amigo?" e "por que você recomendaria?"

A segunda pergunta fica a seu critério para um entendimento mais aprofundado da opinião do seu cliente. ⭐

Por ser uma pesquisa objetiva, o NPS tem muito menos risco de manipulação do cliente. Aqui o cliente não é influenciado por perguntas tendenciosas ou pela ordem em que aparecem.

Mas não para por aí, olha só:

permite várias análises


Um dos pontos bacanas do NPS é sua múltipla possibilidade de aplicação na sua empresa.

Você pode perguntar para o cliente tanto pela sua empresa, como no exemplo acima, quanto sobre um produto ou serviço específico.

exemplo:

👉  O quanto você recomendaria o nosso serviço de site?
👉  O quanto você recomendaria o nosso atendimento?

Isso permite que você compare as diferentes áreas da sua empresa e tenha um feedback mais claro dos pontos que precisa melhorar.

é um ótimo medidor da concorrência


Ao mesmo tempo em que dá um feedback sobre o funcionamento da nossa empresa, o NPS também nos ajuda a entender como ela se posiciona em relação ao mercado.

Você pode fazer isso simplesmente comparando a sua nota com a de outras empresas.

As notas e classificações podem variar de acordo com o seu nicho, mas, de um modo geral, podemos estabelecer a seguinte classificação:

tabela de classificação de nps. De 75 a 100, excelente. De 50 a 74, muito bom. De 0 a 49, razoável. De -100 a -1, ruim.

é fácil pra todo mundo


Justamente por ser curtinha e objetiva, nem dá preguiça de responder. 😅

É muito chato quando queremos avaliar um serviço e a pesquisa tem um trilhão de perguntas, não é?

Além de ser super rápida pra quem responde, também é muito ágil pra empresa avaliar os resultados.

E por falar neles, como avaliar?

Como avaliar os resultados do NPS


Para calcular o Net Promoter Score, vamos caminhar por duas etapas: a primeira é classificar os seus clientes e a segunda, calcular efetivamente o seu NPS.

Classificando os clientes

Com as respostas dos seus clientes em mãos, divida-os da seguinte forma:

⭐  notas de 0 a 6 – clientes detratores

São clientes insatisfeitos e que, por isso, estão propensos a falar mal da sua empresa ou produto para outras pessoas.

⭐  notas de 7 e 8 – clientes neutros

Estes estão satisfeitos com o que receberam, mas não foram encantados pela sua empresa. As chances de serem fiéis é pequena. 

⭐  notas de 9 e 10 – clientes promotores

São clientes realmente satisfeitos! A chance de serem fiéis e de recomendarem o seu produto com uma propaganda gratuita é muito grande. 

Calculando os resultados


Hora de calcular o que todos esses números significam pra você. 

Para classificar os seus clientes, o primeiro passo é calcular a porcentagem de cada classificação acima. Quantos porcento são detratores, quantos são neutros e quanto são promotores?

O seu NPS será: [ (% promotores) – (% detratores) ].

Quer ver um exemplo? Suponha que você tem os seguintes números:

Promotores: 80%
Neutros: 15%
Detratores: 5%

Então, o seu NPS será [ 80% – 5% ] = 75%.

Retomando a nossa tabela, o seu NPS será classificado como excelente! 😊

tabela de classificação de nps. De 75 a 100, excelente. De 50 a 74, muito bom. De 0 a 49, razoável. De -100 a -1, ruim.

Ferramentas para fazer o seu NPS


Legal, agora que já vimos tudo isso, a pergunta que não quer calar:
como posso fazer o meu Net Promoter Score?

Para isso, existem algumas ferramentas que podem te ajudar!

Apesar de algumas serem pagas, a maioria delas disponibiliza versões free que podem atender a sua necessidade.

👉  Mas se a sua empresa é mais madura e demanda formulários mais profissionais, recomendamos que considere contratar uma plataforma paga. Ela dará mais suporte para a sua empresa!

Separamos algumas opções aqui. Veja:

 

Delighted

Essa é uma plataforma simples que facilita bastante o envio da pesquisa de satisfação, permitindo a você incorporá-la no seu site ou enviá-la por email, sms e compartilhamento de link.

Na modalidade gratuita você pode enviar até 1000 pesquisas por mês. Um bom número, não é? Suficiente para pequenos e médios negócios!

Além do NPS, a Delighted também permite mensurar a satisfação do cliente por meio do CSAT, CES e outras pesquisas. 

👉  Gabi, qual a diferença entre NPS, CSAT e CES?

A diferença está no que você deseja medir com a pesquisa. Enquanto o NPS deseja medir o nível de fidelidade do cliente, o CSAT pretende entender o grau de satisfação dele. Já no CES, a intenção é medir o esforço que o cliente precisou fazer para comprar o seu produto.

Veja os exemplos:

  • NPS: o quanto você nos recomendaria para um amigo?
  • CSAT: o quão satisfeito ficou com o nosso produto?
  • CES: achou difícil comprar o nosso produto?

Survicate

Outra plataforma — que, apesar de mais limitada, ainda é muito útil — é a norte-americana Survicate.

Na modalidade gratuita do Survicate só é possível receber 100 respostas por mês e, além disso, os resultados ficam salvos por apenas 30 dias, mas a plataforma permite integração com plataformas grandes, como Hubspot, Mailchimp, Salesforce e Zendesk.

Como nem todas as integrações são permitidas no plano free, vale considerar o plano pago.

Pliq

A Pliq é uma plataforma brasileira e, por isso, tem a vantagem de já ser configurada em português, caso você prefira.

Apesar de ser mais nova que as anteriores, também é uma boa ferramenta para medir o NPS. Na modalidade gratuita, a plataforma não estabelece limite pra criação de pesquisas, mas só é possível receber 50 respostas.

A interface da Pliq é bem simples e a distribuição da pesquisa também, podendo ser feita por QR Code, link ou por email. 

Typeform

Essa é uma plataforma usada por grandes empresas que você com certeza conhece, como Apple, Airbnb, Uber e Nike.

O Typeform está disponível na versão free (com limitações) e na versão paga que, conforme os planos de assinatura, libera mais recursos e mais respostas coletadas no mês.

Essa ferramenta torna o processo de criação de um formulário muito mais fácil, já que é possível tanto criá-lo do zero, quanto usar um modelo pronto.

O Typeform permite acompanhar os resultados e insights dentro do próprio painel de controle, ou integrar a ferramenta com uma planilha, por exemplo, enviando os dados automaticamente toda vez que uma resposta for enviada.

A 7mídias tem NPS 100!


Você sabia?

Nos esforçamos em oferecer excelência desde o atendimento até a entrega dos nossos produtos para que o investimento do cliente realmente valha a pena. 💪

Gostamos de estar perto para conhecer as necessidades da sua empresa e oferecer um serviço personalizado exatamente como você precisa.

Já conhece os nossos serviços? Navegue pelo nosso site e descubra como podemos ajudar o seu negócio a decolar. 🚀

conheça a 7mídias!


Espero que este artigo tenha te ajudado, mas siga o nosso Instagram para saber mais sobre marketing para empresas.

siga no Instagram!

Um beijo e espero você lá!

gestão de equipe: ferramentas que ajudam no fluxo das tarefas

Gestão: 3 ferramentas pra manter o fluxo do time

By Empresas No Comments

Prazos, tarefas, entregas, pendências… Como você faz a gestão do seu time? 😵

Se você é um gestor, CEO de uma empresa ou responsável por alguma área dentro dela, continua com a gente nesse post porque hoje vamos dar dicas de gestão!

E, claro, se você não tem uma equipe, mas mesmo assim deseja organizar seus projetos pessoais e profissionais, não deixe de ler porque esse post também é pra você! As ferramentas de gestão se adaptam a QUALQUER situação! 🌟

Bem, gerir pessoas já não costuma ser tarefa fácil, certo? Primeiro porque lidamos com diferentes personalidades, com o ritmo de cada um e, geralmente, com uma grande quantidade de tarefas.

E, o que já era difícil antes, agora com o home office pode ter se tornado um verdadeiro pesadelo, já que a nossa comunicação entre equipe acabou ficando um pouco comprometida.

Além da comunicação mais dispersa, o home office também trouxe novos cenários e novas dificuldades porque trabalhar de casa exige muita disciplina — que nem todos têm — e 3x mais sintonia.

Ou seja, mais do que nunca, gestão e organização não são só importantes, mas essenciais!

E como a 7mídias nunca te deixa na mão, no post de hoje separamos 3 ferramentas de gestão que podem transformar a rotina da sua empresa (pra melhor, é claro!) 💡

ferramentas de gestão, por que usá-las?

Você pode estar pensando que a comunicação com a sua equipe hoje funciona bem por email, Skype ou qualquer outro canal de comunicação por onde façam alinhamentos. 

Claro, reuniões de alinhamento são MUITO necessárias, mas as ferramentas de gestão vão além: elas te ajudam a otimizar a rotina da equipe e manter todas as demandas organizadas.

Além disso, elas são importantes não só pra comunicação interna, mas também pra otimizar o tempo de conclusão de cada projeto, medir a produtividade da equipe e acompanhar em tempo real o status das atividades realizadas por cada integrante.

Ou seja, não precisa mais ficar perdido no mar da caixa de entrada e na troca infindável de emails com prazos, correções e deadlines. Parece um sonho, né?

E se você trabalha sozinho ou tem projetos pessoais que queira organizar, essas ferramentas também são muito úteis! 💪

Essa versatilidade de uso é o que as torna ainda mais legais! Com as ferramentas de gestão você pode organizar desde grandes demandas da sua empresa até a festa do seu filho.

Oba! Já vimos que vem coisa boa por aí! Então bora conhecer algumas? 🌟

trello

ferramentas de gestão: logo do trello

O Trello é uma ferramenta de gestão muito conhecida por ser prática e trabalhar com listas e cartões.

É uma ferramenta muito simples e intuitiva! Ao criar uma conta no Trello, você poderá criar quadros, que te ajudam a organizar informações e tarefas. 

Dentro desse quadro você pode criar listas e dividi-las nas categorias que quiser: to do, doing, done, ou nos dias da semana, ou até pelo nome da tarefa. 

 👉  Não existem regras, o importante é que seja adequado à sua gestão.

Dentro dessas listas você consegue criar cartões que vão te ajudar a descrever as etapas que precisam ser cumpridas pra que aquela lista se conclua!

Para você entender melhor, esses cartões funcionam como se fossem os post-its que utilizamos no mundo físico. Mas a vantagem é que neles você pode definir e conectar os responsáveis pela tarefa, os prazos, imagens e até uma checklist. Legal, né?

Vamos a um exemplo prático de gestão?

 

Eu posso criar um quadro com o nome 7mídias, organizá-lo em 3 listas (to do, doing e done) e separar as minhas tarefas em cartões.

Ao começar o dia, eu olho as tarefas que estão no [to do] e, de acordo com o grau de prioridade, escolho uma delas para começar.

Ao iniciar uma tarefa eu arrasto o cartão do [to do] para [doing] e, ao finalizá-la, movo-o pra [done]. 

Simples, não?

Aqui na 7mídias costumamos dividir os quadros por integrante da equipe e as listas por dias da semana. Assim, no meu quadro, por exemplo, em cada dia da semana eu escrevo as tarefas que preciso concluir nos cartões. Conforme as concluo, marco com uma etiquetinha verde:

interface do trello dividida por dias da semana

Essa é a minha tela de trabalho, no início da semana já distribuo as tarefas pra cada dia, assim fica bem mais prático!

Mas você também pode dividir as listas por projeto, por exemplo: Projeto festa do filho. Nela você poderia adicionar os cartões: encomendar bolo, comprar velas e itens de decoração, convidar amigos, e por aí vai! 🎈

👉  O Trello é uma ótima ferramenta de gestão pra organizar tarefas mais simples e suas prioridades.

Ele ainda permite a sincronização com o que chamam de power-ups, uma espécie de plugins que otimizam a gestão conectando sua conta do Trello com outros apps.

É possível conectá-lo com um calendário, com o Maps, Google Drive, Slack, enfim… são muitas opções pra que você tenha tudo em um só lugar!

vantagens do Trello

Uma das vantagens da plataforma, como já pudemos ver, é que ela é muito flexível e adaptável!

Além de ser uma ferramenta fácil pra gestão da sua rotina, o Trello também te ajuda a gerir a equipe: a cada quadro, você pode adicionar pessoas do seu time pra que tenham acesso a essas listas.

E, pra facilitar a comunicação em equipe, os cartões apresentam funcionalidades como adicionar uma descrição à tarefa, adicionar um responsável pela execução, o deadline, opção de anexo de documentos e etiquetas.

Outra vantagem muito importante é que a versão gratuita é satisfatória para pequenas demandas! 💸

turma do chaves dançando

Desvantagens

A desvantagem é que, pelo seu funcionamento simples no modo gratuito, ele acaba não sendo muito completo pra grandes empresas.

Na versão gratuita, por exemplo, só é possível adicionar um power-up por quadro, o que torna outras plataformas mais avançadas que o Trello.

Mas tudo bem, pra isso existem planos pagos com algumas vantagens a mais, um deles é a versão Gold — um pouco mais em conta, mas que por algum motivo fica escondidinha — e as contas Business Class e Enterprise, veja as comparações!

Um outro ponto de atenção no Trello é que ele precisa de uma uniformidade entre os membros da equipe pra uma boa comunicação. Pela sua versatilidade, é importante que todos os membros da equipe estejam alinhados sobre o modo de usar.

Por exemplo, aqui na 7mídias, utilizamos a tag verde pra dizer que uma tarefa foi concluída, então todos os membros da equipe precisam ter ciência disso e colocar em prática.

É claro que não é impossível fazer a gestão de um time grande no Trello de forma gratuita, mas existem outras plataformas melhores pra isso. 

Bora pra próxima ferramenta de gestão?

Asana

ferramenta de gestão: asana

O Asana é uma outra plataforma de gestão muito usada pelas empresas!

Muitas pessoas que compartilham suas experiências com essas plataformas comentam que inicialmente utilizavam o Trello, mas migraram para o Asana por ser um site mais completo.

E na gestão de projetos o Asana realmente não deixa a desejar. Com uma interface simples e convidativa, ele permite que você crie projetos, sessões e tarefas (assim como o Trello, só muda o nome dos itens).

interface do asana: ferramenta de gestão de projetos

Para exemplificar, esbocei alguns projetos com os serviços que fazemos na 7mídias. Dentro de cada projeto, criei as para cada cliente.

Nessa plataforma os projetos ocupam o papel que no Trello era dos quadros, e dentro desses projetos podemos criar seções e organizá-las em tarefas.

exemplo prático (nos bastidores da 7!)

Pra exemplificar, esbocei uma conta pra 7mídias no Asana (e gostei, hein!).

Para começar, tive que fazer um cadastro e a experiência foi muito boa! Esse processo foi muito intuitivo. Me fizeram perguntas simples sobre os meus objetivos e, com isso, foram me direcionando.

👉  Ao realizar a sua inscrição, cuidado pra não selecionar o teste da versão paga se esse não for o seu objetivo, porque após 30 dias a plataforma começará a cobrar a mensalidade. Procure a opção “continuar com versão limitada”. 

Terminada essa fase de inscrição, agora podemos criar um projeto. Fiz isso baseado em algumas das tarefas que temos aqui na 7mídias:

gestão da equipe no asana, interface dos projetos.

A interface do programa é muito intuitiva e fácil de preencher!

Dentro desses projetos você consegue criar sessões e, dentro de cada sessão, as tarefas necessárias para concluí-la.

👉  Por exemplo, no meu projeto “Rede Social” da foto acima, criei uma sessão pra cada cliente que temos e, para cada cliente, as tarefas que a equipe precisa cumprir: produção de artes, criação das legendas, submissão ao cliente e, por fim, agendamento! 💪

Assim como no Trello, pra cada uma dessas tarefas, você consegue adicionar um responsável, a data de entrega, o grau de prioridade, links e anexos!

Muito bem, mas o que isso traz de novo? Essa é a hora de falar das vantagens!

vantagens do asana

Apesar de bem parecido com o Trello, o Asana é um pouco mais completo em termos de visualização. Tem basicamente as mesmas funções, mas é mais convidativo.

Na versão gratuita do Asana, você pode ver o seu projeto em listas, em quadros (modelo kanban como o Trello), ou mesmo em calendário.

Também existe a função “cronograma”, em que você visualiza as atividades em uma linha do tempo, mas só está disponível na versão premium. 😕

Outra coisa legal do Asana é que você pode definir o progresso da atividade: em dia, em risco e em atraso, e isso é muito importante pra equipe estar sempre ligada! 💡

A comunicação do time no Asana também não tem erro porque, diferente do Trello, na plataforma há um espaço específico pra tudo, o que deixa o trabalho bem mecânico e prático.

gestão do dia a dia

E, pra facilitar ainda mais o dia a dia, outra função muito interessante é o menu “Minhas Tarefas” na barra lateral. 

Sabe aquela segunda-feira de manhã em que você olha a caixa de entrada cheia e não sabe nem por onde começar? 

Essa função resolve grande parte dos seus problemas porque, com base nas datas das tarefas que foram atribuídas a você, a plataforma separa o que você precisa fazer hoje e nos próximos dias. 😍

No Asana você consegue ter uma visão pontual da rotina, mas também do mês inteiro. Isso te ajuda a entender o seu tempo e a organizar os novos jobs que entram sem atrapalhar o andamento dos antigos. 

Com essa plataforma, você consegue registrar todas as informações em um só lugar e ainda mantém uma comunicação clara com a equipe. 🌟

aplicativos e integrações pra gestão

Assim como os power-ups do Trello, no Asana também é possível fazer conexões com outros aplicativos, e um deles é o Gmail! 

É possível sincronizar o seu email à plataforma e criar tarefas da própria caixa de entrada! 🤩

Existem também outras opções de integração: pra conhecer é só clicar na interrogação ao lado do campo de busca na plataforma e selecionar “Aplicativos e interações”.

desvantagens

A grande desvantagem da plataforma é que na versão gratuita você só pode ter até 15 membros na equipe. 😕

Pra grandes empresas seria necessário obter a versão premium, mas se a sua equipe é enxuta o Asana pode servir bem!

Além disso, muitos recursos só estão disponíveis na versão premium, o que pode limitar um pouco o uso na versão grátis, mas não impedir ou atrapalhar seu uso.

Outra coisa que incomoda um pouco na plataforma é o apelo insistente em te oferecer upgrade. 

Muitos recursos aparentemente estão disponíveis, mas quando você clica vem um anúncio enorme na tela te chamando pra contratar o próximo plano, e isso é um bocado cansativo.

Mas é uma boa plataforma! 😉

iClips

ferramenta de gestão: iClips

Por último, resolvemos trazer a plataforma iClips, desenvolvida pela RockContent, que também é muito usada no mercado e uma das mais completas que existem!

Com o iClips você consegue fazer a integração de simplesmente todas as áreas da sua agência, desde a produção, atendimento, geração de relatórios, até o financeiro, emitindo boletos e notas fiscais.

👉  Ou seja, com ele você consegue literalmente ter tudo em um só lugar. 

Apesar de ser voltada pra agências de publicidade, houses e departamentos de marketing, conhecendo melhor a plataforma você pode até adaptar seu uso pra outros setores.

Confira um pouquinho da interface e algumas funções:

vantagens do iClips

Um dos grandes diferenciais é que você pode cadastrar nele seus clientes pra que eles mesmos façam seus pedidos.

Pode cadastrar também seus fornecedores e veículos de comunicação (TV, rádio) caso você trabalhe com esses meios.

👉  A opção de cadastrar veículos é muito útil se você trabalha com assessoria de imprensa porque sabemos que a palavra-chave da assessoria é: relacionamento.

Com o cadastro no iClips você consegue manter a comunicação sempre com o mesmo funcionário do veículo, e pode até colocar dados como data de aniversário pra estreitar ainda mais a relação. Pode parecer bobeira, mas isso é muito importante no trabalho! 😉

Como já falamos mais acima, outra ótima ferramenta do iClips é um controle 360º da sua empresa. Você pode cadastrar os dados da sua agência na plataforma e, conforme o seu CNPJ, ela já te fornece todos os documentos que você eventualmente vai precisar com os seus dados. 

Ah, e provavelmente você deve ter se perguntado se, com tantos dados da empresa na plataforma, os seus faturamentos e a parte comercial não ficariam muito expostas, mas a resposta é: não! 

No iClips você consegue selecionar os funcionários que podem ter acesso a esses documentos. 🤔

conhecendo melhor a plataforma

Além de todas as funções que as outras plataformas que listamos aqui nesse post têm, o iClips ainda oferece muitas outras que não caberiam neste texto.

Mas o legal é que eles mesmos têm um suporte técnico excelente pra sanar todas as suas dúvidas, com uma central de ajuda completa, canal no YouTube com tutoriais como esse que mostramos acima e muitos emails sobre como lidar com a plataforma. 😉

E pra um conhecimento mais aprofundado, a RockContent preparou um curso online e gratuito de 1 hora sobre onboarding iClips (pra sair de lá profissional! 💪).

desvantagens

Assim como as outras ferramentas de gestão que citamos, o iClips tem uma parte gratuita, mas outra paga.

Ele tem uma boa funcionalidade na versão free, já oferecendo mais vantagens do que as outras plataformas, mas naturalmente você vai tendo acesso a mais funcionalidades conforme aumentam os pacotes.

Aconselho que, caso esteja pensando em contratar o software do iClips, comece com a versão gratuita e, conforme sentir necessidade, opte por um pacote enxuto e vá ampliando se for o caso.

Uma das desvantagens da plataforma é o preço relativamente alto nas versões pagas já que, além de um valor mensal, você precisa pagar também uma taxa por usuário e por colaborador.

Outra desvantagem da plataforma é que, por ser tão completa, pode ser complexa demais pro seu negócio. Com tantas funcionalidades, a interface acaba ficando um pouco confusa. 😕

Escolhendo uma plataforma de gestão

Essas são apenas algumas das plataforma de gestão de equipe que achamos úteis pra sua empresa. 

Vale lembrar que uma não será necessariamente melhor do que a outra porque tudo depende do perfil da sua empresa. Se cada negócio é um negócio, as necessidade deles também serão diferentes.

O nosso conselho é que você crie uma conta gratuita na plataforma que mais te interessou, ou até em mais de uma, e faça um teste das funcionalidades.

E, se achar que vai cair bem pra sua empresa, aí sim contacte sua equipe e comece as mudanças.

Vale lembrar também que mudança de plataforma exige mudança de comportamento! Portanto garanta que você e sua equipe estão prontos para essa nova forma de organização.

Prepare-os com tutoriais, deixe-os conhecer a interface do programa por algum tempo e faça a transição pra nova forma de gestão aos poucos.

gestão na 7!

Posso contar um segredo? Também estamos em fase de mudança aqui na 7mídias buscando uma nova plataforma que se adapte melhor ao nosso contexto.

É muito importante estar atento ao crescimento da sua empresa e ao momento em que ela começa a demandar novas formas de se organizar.

Pode ser até mesmo que você esteja satisfeito com a sua organização atual, mas quem sabe não tem uma plataforma melhor rolando por aí que pode otimizar ainda mais o seu dia a dia?

Espero que este post ajude você a se nortear assim como nos ajudou! Essa é uma escolha séria e que, portanto, não deve ser feita do dia para a noite! 😉

Aproveita pra mandar esse post pros seus amigos que se estão no mesmo dilema!

Querendo bater um papo com a gente sobre dicas de gestão, estamos à disposição e temos muito a dividir!

fale com a gente!

Estamos sempre falando sobre dicas de gestão também nas nossas redes sociais! Segue a gente lá pra não perder nada! 

Um beijo e até a próxima! 🌻

e-commerce: novas práticas do mercado

E-commerce: prepare-se pra um novo tempo 🚀

By E-commerce No Comments

e-commerce: novas práticas do mercadoEntre todos os efeitos negativos dessa pandemia, um deles precisamos admitir que veio em boa hora: os ensinamentos sobre o e-commerce. 💡

E sabe o que é melhor? Nesta modalidade todo mundo sai ganhando, tanto as empresas quanto os clientes.

“Quê?”

Mas por que isso acontece?

Bem, se temos uma certeza é: não vamos sair dessa pandemia do mesmo jeito que entramos.

Esse vírus que devastou o mundo mexeu com a nossa forma de enxergar a vida e trouxe mudanças significativas aos nossos hábitos. Muita coisa irá mudar!

Precisamos estar atentos ao movimento do mercado, entendendo o seu momento e estando sensíveis às suas mudanças pra nos adaptarmos ao “novo normal” que está pra chegar.

O E-commerce na pandemia

Antes de tudo, é preciso entender o perfil dos consumidores brasileiros durante a quarentena.

No início da pandemia, a população foi pega de surpresa com a necessidade repentina de mudanças de hábitos.

As preocupações giravam em torno de itens básicos para o dia a dia, como alimentos e itens de higiene. Com isso, houve uma queda significativa nas conversões e nas vendas do e-commerce com os itens que não eram essenciais.

Com o passar dos dias e com mais informações sobre a situação do país, as pessoas começaram a se reorganizar e a retomar os seus hábitos de consumo. Só que, agora, todos online.

O E-commerce no Brasil

Muitos medos ainda cercavam grande parte dos consumidores brasileiros sobre o e-commerce. Comprar um produto sem vê-lo ou testá-lo ainda parecia uma realidade bem distante pra alguns.

Mas estamos diante de uma nova realidade. Se antes a população costumava comprar produtos mais caros, como os aparelhos eletrônicos, por exemplo, agora precisam fazer isso até com os itens mais básicos. 

e-commerce: bolsinhas de compra

Um levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e da Compre&Confie mostrou que, desde o primeiro caso de COVID-19 no Brasil até o dia 18/03, as vendas online nas categorias de supermercado, saúde e beleza cresceram 80%, 111% e 83%, respectivamente, em relação ao mesmo período de 2019.   

E, ao que tudo indica, esses hábitos vêm pra ficar, já que cada vez mais as pessoas ganham confiança no e-commerce e se acomodam com a sua praticidade.

E você, está pronto?

“Estou pronto.”

Como você já pôde perceber, essa é uma nova realidade pra muitos, portanto, esteja pronto pra ajudar. 😊

O primeiro passo é construir uma relação com o público e ganhar a confiança dele. Nunca foi tão importante ter uma empresa transparente, humanizada e sensível às dores do consumidor.

Lembre-se que, antes de vender, você deve estar ali pra ajudar. 💪

Abrir um canal de comunicação pra que os clientes tirem suas dúvidas de maneira simples é uma ótima opção pra facilitar as vendas — não só hoje, mas sempre! Comunicação é tudo!

Por ser um período incerto, provavelmente a jornada de compra do seu consumidor será mais longa. É um momento delicado, então forçar a venda não é um bom caminho.

Tenha paciência, se mostre solícito e deixe a porta aberta pra que ele queira voltar quando se sentir pronto. 

👉 Ah, e a recíproca é verdadeira! As pessoas também estão solidárias às empresas nesse momento, principalmente aos pequenos empreendimentos e às dificuldades que estão enfrentando.

O momento é difícil pra todos, então não tenha vergonha ou medo de expor certa fragilidade.

e-commerce: estamos juntos nessaO nosso maior desafio agora é humanizar as nossas vendas, ou seja, trazer à tona o que todos nós somos: seres humanos, com sentimentos, emoções e, sobretudo, empatia.

Precisa de ajuda nessa jornada? 

Estamos aqui pra isso! A 7 mídias está com o seu time mais unido do que nunca pra vencer as nossas dificuldades e ajudar outras empresas a vencer as suas também.

Temos provado a cada dia que #unidossomosmaisfortes e queremos te convidar a fazer parte disso também!

Precisando conversar, estamos aqui!

marque um hangout 💛


Mas se já se decidiu e quer se preparar para um novo tempo fortalecendo a sua marca: 

entre pro time! 💜

Otimizamos os nossos serviços pra atender melhor os nossos clientes nesse momento difícil. Vem conferir o que preparamos pra você!

Te ajudamos com esse post? Compartilha ele pra espalharmos essa corrente. 🚀

Para mais conteúdos como esse, siga nossas redes sociais e fique sempre de olho no nosso blog! (:

Um grande beijo e até a próxima! 🌻

mundo em movimento: ações de empresas durante a quanrentena

Mundo em movimento: ações de grandes empresas que nos inspiram a continuar

By Empresas No Comments

Pra você, o mundo está em movimento durante a quarentena? 

Na nossa cápsula de hoje queremos te trazer boas notícias!

Com todo esse isolamento social, temos a sensação de que o tempo está parado porque todos os dias parecem iguais.

Mas hoje a 7 mídias vem te mostrar que o mundo continua em movimento (talvez até mais do que antes). Estamos todos nos acostumando à nova realidade e, com isso, descobrindo formas de nos reinventar.

👉 E sempre há uma nova forma!

Portanto, tenha em mente que essa quarentena ainda vai nos ensinar muita coisa.

As pessoas estão se ajudando e as boas ações estão a todo vapor. Nesses dias difíceis, a empatia tem crescido bastante e isso nos reafirma que sempre há novos caminhos.

Hoje, mais do que nunca, o nosso papo é com você, empreendedor! 

Novos ares estão por vir e eles nos permitem novos voos! 🦋

No post de hoje queremos te mostrar ações de empresas voltadas a esse momento porque temos certeza de que essa corrente de boas ações vai te animar! (e quem sabe alguma delas não beneficia a sua empresa?).

Vamos nessa?

1. Estudo detalhado sobre o movimento do mercado

Nada começa sem um bom estudo e análise de tudo o que vem acontecendo, certo?

Por isso, a PARETO Group se disponibilizou a fazer um estudo bem completo sobre os impactos da crise no mercado. 

O isolamento social trouxe mudanças significativas nos hábitos das pessoas e isso impactou também o mundo digital — afinal, grande parte das nossas atividades precisou se tornar digital. 

Neste estudo, a Pareto analisa a economia digital brasileira antes, durante e, em breve, após o isolamento.

O estudo é atualizado semanalmente e traz novidades, estratégias e boas oportunidades de investimento.

Portanto, vale super a pena conferir porque irá te ajudar a definir os próximos passos do seu negócio! 🦋

Estudo da Pareto Group sobre o movimento do mercado

Empresa líder em Inteligência Artificial para links patrocinados no Brasil.

⭐ Acesse o estudo aqui!

2. Os queridos vouchers gerando movimento 🎫

Esse é um dos movimentos que tem ganhado destaque entre os pequenos comércios.

Como funciona?

Basicamente, uma grande empresa arca com uma parte dos custos e ajuda um pequeno comércio a vender hoje um serviço que só será prestado quando tudo voltar ao normal.  

Isso acontece por meio da venda de vouchers que oferecem vantagens aos clientes.

Portanto, o cliente paga pelo serviço hoje recebendo um desconto ou alguma outra vantagem fornecida pela grande empresa. 

como assim? homem levando susto

Essa prática tem ajudado comércios a pagar as contas para sobreviver nesse período em que muitos precisaram fechar parcial ou totalmente as portas.

Conheça algumas dessas ações:

👉 Movimento #JuntosPeloSalão: 

O movimento #juntospelosalão é da L’oreal e tem ajudado milhares de salões de beleza. 

Nele, o cliente paga por um voucher de 50 reais em serviços que poderá ser utilizado no período pós quarentena, e a L’oreal oferece 50% de desconto nos produtos do site Segredos de Salão. 

Legal, né?

⭐ Conheça melhor o movimento aqui.
⭐ Quer cadastrar seu salão? Clique aqui!

👉 Movimento #ApoieUmRestaurante: 

Já essa iniciativa é da cervejaria Stella Artois em parceria com a Nestlé, Chef’s Club, Nespresso e Stone para ajudar pequenos restaurantes, lanchonetes e cafeterias.

Essas grandes empresas liberaram mais de 100 mil vouchers no valor de 100, 40 e 20 reais para diversos restaurantes espalhados pelo Brasil. 

Ao comprar o voucher, os clientes só pagam metade do valor e podem consumir nos restaurantes escolhidos ao fim do isolamento.

No momento todas as vagas estão preenchidas, mas fique de olho e saiba sobre o movimento aqui.

👉 Movimento #AjudeUmButeco: 

A cervejaria Bohemia também entrou nessa onda e resolveu ajudar.

O movimento Ajude um Boteco pretende arrecadar 50 milhões de reais para ajudar mais de 15 mil bares no Brasil.

Eles disponibilizaram vouchers de 25, 50 e 100 reais com 20% de desconto para que os clientes ajudem o seu boteco preferido.

A Bohemia também abriu um canal para que o cliente possa fazer doações em dinheiro no site. No fim da campanha, esse dinheiro será dividido em partes iguais entre os bares participantes.

Saiba mais sobre a campanha.
⭐ Cadastre o seu bar aqui!

3. Plataforma de divulgação de maquiadores

Essa é uma oportunidade pra quem ama o mundo das makes e deseja apoiar o trabalho de incríveis maquiadores autônomos. 

gatinho sendo maquiado

A Quem Disse, Berenice? abriu mão do #diadobeijo desse ano, um dos dias mais importantes do calendário da empresa, para dar visibilidade e gerar renda a trabalhadores autônomos nesse período de quarentena.

A empresa, em parceria com influencers, lançou o projeto @apoieummaquiador, um perfil no Instagram que conecta maquiadores com clientes.

O perfil vai funcionar como um portfólio pra que os profissionais exponham seu trabalho. Por meio dele, os clientes poderão escolher os serviços desejados, que vão desde maquiagens a cursos online e materiais digitais.

Depois de escolher, o cliente realiza o pagamento e pode utilizar o serviço assim que possível. 

Os maquiadores cadastrados recebem uma ajuda de custo de 120 reais doados pela empresa e pelos influenciadores.

A intenção é divulgar cerca de 25 maquiadores por dia no perfil e, de acordo com os organizadores, o movimento não será uma ação pontual da quarentena, mas permanente da empresa. ✨

⭐ Saiba como participar na perfil do projeto @apoieummaquiador

4. Magalu em movimento

Parceiro Magalu: ações que dão movimento ao mercado

Na foto à direita: Lu, personagem virtual da Magalu, alcançando 3 milhões de seguidores no Instagram.

E até a influenciadora virtual mais amada do Brasil trouxe novidades pra ajudar pequenos comerciantes. 

Pra quem teve que fechar as portas nesta quarentena, a Magazine Luiza traz uma ótima oportunidade de parceria para venda dos seus produtos online.

A empresa já tinha planos de ajudar milhões de brasileiros a digitalizar os seus negócios por meio do programa, entretanto, com a pandemia, os planos se tornaram realidade um pouco antes do previsto. 

O movimento abrange 2 públicos:

☝ Pessoas físicas: Se você não tem um comércio, mas precisa aumentar a sua renda, nessa modalidade você pode ser um vendedor dos produtos da Magazine Luiza. Eles te ajudam a criar uma loja virtual para que você divulgue e venda entre os seus contatos. 

✌ MEIs e pequenas empresas: Para as pessoas jurídicas, a empresa permite que você liste os seus produtos em uma estante virtual. Assim você tem acesso aos mais de 20 milhões de clientes da loja virtual da Magalu. Ah, e ainda tem a possibilidade de, futuramente, oferecer os seus produtos também na loja física da Magalu. 

Uma oportunidade e tanto, não?

5. E falando em vitrines virtuais…

Queremos te apresentar a mais duas plataformas que podem ajudar nos seus negócios.

Já pensou em ter os seus produtos anunciados na Amazon, Mercado Livre, Americanas.com, Shoptime, Carrefour, Submarino, Extra, Ponto Frio, Casas Bahia e outros grandes marketplaces? (ufa, quase perdi o fôlego) 

Pois bem, o Olist é uma plataforma paga que permite que vendedores de lojas físicas ou online possam vender seus produtos em diferentes marketplaces de um só lugar. 

Mas, como estamos falando de boas ações na quarentena, a plataforma anunciou uma ação que permite que você crie uma vitrine virtual gratuita para o seu negócio.

Você dá um nome à sua loja, cadastra o produto e coloca o preço, mas, nesse caso, a divulgação fica por sua conta.

De todo modo vale pesar no orçamento se é viável fazer o obter a versão paga do site porque ele fornece boas oportunidades. Além dos marketplaces, eles conseguem um bom desconto nos correios para a entrega dos produtos. 😉  

mundo em movimento: personagem Sheldon pensando

E por que não considerar o bom e velho WhatsApp?

A versão Business do aplicativo permite não só que o seu cliente converse com você, mas também que tenha acesso ao seu catálogo de produtos.

Ele olha o seu catálogo e, ali mesmo, já tira as dúvidas e faz a compra.

É simples de usar, reúne tudo em um só lugar e sabemos que já tem muita confiança do público. 

Vamos compartilhar essas boas notícias?

Notícia boa nunca é demais, né? E tá esperando o que pra contar pros amigos?

Conhece alguém que pode se interessar por uma dessas oportunidades de parceria? Encaminha esse post! Quem sabe essa pessoa não conhece outra que também se interesse por alguma dessas dicas?

Bem, esse post nos mostra que, por mais difícil que seja o momento, nem tudo está perdido!

Se cada um fizer o possível pra ajudar o próximo, podemos sair dessa quarentena bem mais fortes que entramos.

Portanto, não desanima, não, porque o mundo está em movimento e ainda tem muita coisa boa pra acontecer!

O mais importante é manter a cabeça no lugar e olhar além do horizonte, esperando os novos ares chegarem.

Nada de desespero por aqui, viu?

Mundo em movimento: meditando para manter a calma

Precisando de nós, estamos prontos para atendê-los, esclarecer dúvidas e ajudar no que pudermos!

Aqui na 7 mídias temos a certeza de que quando nos empenhamos e damos as mãos conseguimos alçar voos muito mais altos. 

Já segue nossas redes sociais?

Vamos enfrentar isso juntos!

#unidossomosmuitomaisfortes

Até a próxima, pessoal!

E-commerce: tire fotos incríveis para sua loja virtual!

E-commerce: 3 dicas para tirar fotos de produto incríveis

By E-commerce 5 Comments

Quando ainda nem pensávamos em vender online, lojas físicas já trabalhavam diferentes estratégias para chamar a atenção de visitantes: vitrines superelaboradas, música ambiente agradável, difusores cheirosos… Até o cafezinho ainda é usado para cativar clientes! ☕

Cada um desses exemplos que citamos trabalha um sentido diferente do nosso corpo. Vitrine para a visão, música para a audição, aroma para o olfato e café para o paladar.

Isso porque abordar diferentes tipos de caminhos de percepção aumenta as chances de uma marca seduzir seu público, despertar seu desejo.

Afinal, não basta ter um ótimo produto, é preciso saber atrair o seu consumidor até ele.

Beleza, mas e o que o seu e-commerce tem a ver com isso (afinal, é disso que esse post deve tratar, né?!)?

atraindo clientes para o seu e-commerce

Quando falamos de plataformas virtuais, os únicos sentidos que conseguimos atingir são o da visão e o da audição (pelo menos por enquanto!).

E como não é de muito bom tom ter músicas em um site, acaba sobrando “apenas” a visão para ser trabalhada.

Isso mostra a importância de trabalhar bem a parte visual em um e-commerce.

Seu layout precisa ser bonito e fácil de usar, seus textos precisam ser limpos e efetivos, seus call-to-action precisam ser eficientes e… as fotos dos produtos precisam ser irresistíveis e informativas.

O que queremos dizer com “informativas”?

Quando você pega um produto na prateleira de uma loja, consegue sentir o seu toque, entender facilmente suas dimensões, ver seus detalhes de perto, sentir seu cheiro e até mesmo testá-lo.

Em um e-commerce não.

Tudo o que temos é meia dúzia de fotos para apresentar o produto. Uma bela desvantagem, não é?

Por isso, essas imagens precisam encantar o visitante (a ponto de ele optar pela compra on-line, e ter que esperar pela entrega do produto, ao invés de tê-lo imediatamente comprando em uma loja física). E precisam também apresentar todas as características do produto, para que o comprador tenha o máximo de dados sobre aquela peça, mesmo sem vê-la ao vivo.

Um outro ótimo motivo para dar atenção às fotos do seu e-commerce é o Google.

A importância das imagens no Google

Vamos supor que você esteja procurando uma camisa branca de botão masculina.

Primeiro, o Google vai pré-selecionar peças que se enquadram nessa descrição (por isso, é igualmente essencial o trabalho de SEO em e-commerces) e vai te mostrar algumas delas.

O exemplo da camisa branca é ótimo porque esse produto existe em diferentes lojas e são todas praticamente iguais. Olha só:

Diferentes tipos de camisa branca em uma pesquisa do Google

Todas essas camisas têm as mesmas características: são brancas, de manga comprida e têm a mesma faixa de preço.

Mesmo sendo parecidas, uma delas atraiu o seu olhar e é nela que você clica primeiro. E, certamente, tem uma que você escolhe por último.

O que te fez escolher a primeira foto? Bom, os motivos que levam alguém a escolher uma imagem e rejeitar outra variam de pessoa para pessoa. Não existe uma fórmula que funcione para todo mundo; o que pode ser lindo para você pode ser horrível para o seu vizinho 🤷‍♀️

Por isso, é muito importante que a identidade da sua fotografia esteja alinhada com as suas diretrizes de branding e identidade visual. Assim, você aumenta as chances de atrair o público correto, que se identifica com a sua marca e, logo, tem mais chances de realizar uma compra.

Foto para e-commerce: 4 estilos de camisas brancas

Uma camisa branca de botão, 4 jeitos de vender (créditos: Riachuelo, Shop2gether, Malwee e Oriba)

Como tirar fotos pro meu e-commerce?

Para garantir que o seu e-commerce tenha fotos incríveis, sempre recomendamos contratar um profissional especializado.

Mas sabemos também que nem sempre esse é um investimento possível.

E aí o seu projeto vai ficar parado até existir a oportunidade de ter um fotógrafo? Não!

Comece fotografando você mesmo os seus produtos.

Para te apoiar nessa empreitada, montamos um guia com instruções de como VOCÊ pode tirar fotos incríveis para o seu e-commerce.

São algumas dicas e truques que vão te ajudar a conseguir imagens bem incríveis usando o que você provavelmente já tem em casa.

Acreditamos que vai te ajudar bastante!

3 dicas para tirar fotos de produtos incríveis

1. Aproveite o equipamento que você já tem

Quando pensamos em fotografia, logo imaginamos aqueles estúdios superiluminados, câmeras pesadas e fundos infinitos.

Estúdio de Fotografia

Vai dizer que você não pensou em um estúdio assim?

Claro que, quanto melhor for o seu equipamento de trabalho, melhor a qualidade do resultado.

Mas, na falta de opção, você pode usar o que já tem. Quer ver?

Câmera

Hoje em dia, praticamente todos os celulares têm câmeras muito boas e que podem perfeitamente ser usadas para tirar as fotos dos seus produtos (e, se o seu não tiver, é só pedir emprestado o de um amigo 😉).

Aqui mesmo na 7mídias, para nossas fotos de conteúdo, usamos uma câmera digital compacta (você já deve ter visto em algum dos nossos stories de backstage). Ela é um modelo simples, mas o resultado fica bem bacana.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by 7Mídias (@agencia7midias) on

Um pouco da nossa produção de fotos para o Instagram. Aproveita para seguir a gente lá! 😉

Iluminação

A verdade é que equipamentos de luz são caros e ocupam muito espaço. A menos que você consiga dedicar um espaço para deixá-lo montado, um conjunto profissional pode acabar virando uma dor de cabeça.

Além disso, a melhor fonte de luz que existe no mundo não custa um centavo, nem ocupa lugar no seu escritório: o sol! 🌞

Nenhuma luz artificial consegue vencer a beleza de uma luz natural.

Sabe aquela janela que tem no seu escritório ou na sua casa? Use-a ao seu favor!

Fotografe próximo a ela. Pode ser no chão, em cima de uma mesa, no próprio parapeito…

Fotografando para o blog perto da janela

making of da produção da foto que abre esse post. Veja como é bem pertinho da janela 😉

Dicas para fotografar com luz natural:

  • Quando for fotografar com luz natural, evite a luz direta. Elas resultam em sombra dura (aquela que é bem demarcada).
  • Observe os horários em que a iluminação do ambiente fica melhor e se programa para tirar suas fotos dentro desse período.
  • Prefira produzir suas imagens em dias nublados ou com mormaço. As nuvens criam uma espécie de filtro na luz do sol, deixando as suas sombras menos contrastantes e o resultado mais bonito.

Tripé

O tripé é um suporte que mantém a sua câmera no lugar e parada.

Ele é uma mão na roda se você estiver fotografando sozinho e/ou precisar manter um padrão de posicionamento e angulação em todas as fotos.

Além disso, ele evita que as imagens saiam tremidas, já que a câmera fica parada e estável.

 

 

 

 

 

 

 

View this post on Instagram

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A post shared by 7Mídias (@agencia7midias) on

O tripé é muito útil na hora de experimentar diferentes tipos de composições.

Existem diferentes tipos de tripés, dos mais variados tamanhos, preços e qualidades. Mas também dá para improvisar um com objetos de apoio, como livros, vasos ou caixas.

Celular preso em um corrimão com fita crepé

Improvise um tripé com a ajuda de uma fita crepe! (créditos: abeautifulmess.com)

2. Faça um styling incrível

Em fotografia, “styling” é como é chamada a organização dos objetos em uma foto.

Sabe quando o anúncio de um móvel o coloca dentro de um ambiente decorado? Ou então a propaganda de um doce, servido em uma mesa superbonita, com pratos elegantes e objetos com uma cartela de cores deliciosa? Esses são exemplos de styling.

Cadeira de madeira em uma sala branca com objetos neutros

Essa cadeira poderia ser fotografada em um fundo chapado e seria igualmente bonita. Mas, dentro de uma composição, conseguimos imaginá-la em uma casa de praia ou em momentos de relaxar.

O styling permite que o cliente visualize como seria aquele produto na vida dele.

Por meio de objetos que contam uma história, ele também cria o desejo pelo universo da imagem. “Se eu comprar esse móvel, terei a casa moderna que eu sempre quis. Se eu comprar essa sobremesa, serei transportado para um mundo mágico, doce e feliz”.

Macarons azuis

Você se imagina comendo esses macarons e ficando de mau-humor?

O styling e a história do produto

Quando você for pensar na produção da sua foto, pense em qual história aquela imagem quer contar. Quais cores combinam com ela? Quais objetos transmitem essa mensagem? Qual o melhor ângulo para mostrar tudo?

Por exemplo, no nosso post sobre LinkedIn, escolhemos objetos ligados a um universo profissional: os óculos, o celular, a caneta…

E, claro, trabalhamos esses elementos de maneira que fizessem sentido com a nossa identidade visual e o nosso branding.

Foto aérea de produtos

Elementos profissionais (óculos, caneta, celular) mesclados com os que fazem parte do universo da 7mídias (plantas, verde, fundo colorido).

Mas atenção: em e-commerces, tão importante quanto a foto em seu contexto são as imagens “informativas” de que falamos lá em cima — a prioridade é que o usuário tenha um entendimento completo da peça à venda.

Criar um styling bacana tem muito de tentativa e erro, de experimentar o que melhor funciona na sua imagem e ver o que não deu muito certo.

Se você não sabe por onde começar, escolha o caminho mais fácil: fotografe seu objeto em um fundo legal.

Assim, você não precisa se preocupar em ter um ambiente inteiro super iluminado, com uma decoração diferenciada, nem nada disso. Você só precisa posicionar esse fundo perto da sua janela e voilà!

O que usar de fundo na fotografia?

Um objeto fotografado em um fundo bacana consegue servir para os dois propósitos: o informativo e o de styling.

Muitos clientes chegam até nós perguntando como fazemos os fundos coloridos nas nossas fotos. Acredite, é bem mais simples do que parece!

Você pode explorar diversas opções de fundo, mas o mais prático é usar cartolina colorida.

A cartolina é uma boa ideia porque pode ser usada várias vezes, não ocupa muito espaço quando enrolada e pode servir para duas finalidades: fotos aéreas (também chamadas de flatlays) e de fundo infinito.

Backstage da produção de fotos para o blog

Como fotografamos as fotos para as nossas mídias. Para ajudar, prendemos as pontinhas do papel com fita crepe ou colocamos um objeto pesado para segurar.

Para fazer o fundo infinito, é só prender uma das laterais da cartolina em uma parede com fita crepe, assim ó:

Foto para e-commerce: fundo infinito de foto

créditos: fstoppers.com

A única desvantagem da cartolina é que ela acaba se deteriorando com tempo: suja, rasga, amassa… Se preferir, invista em um material mais duradouro, como courino, fórmica, madeira…

E, claro, você sempre pode inovar nos fundos experimentando materiais diferentes como tecidos, toalhas ou mesmo parte de roupas! 🙂

3. Foque em uma boa edição de foto

Para quem não pode ter um equipamento e/ou um profissional, a edição é a parte mais importante desse processo.

Quando estiver batendo a foto, certifique-se apenas de duas coisas:

  1. Que a disposição dos objetos esteja do jeito que você deseja;
  2. Que a sombra esteja no lugar correto.

O resto você consegue resolver na edição.

Hoje em dia podemos contar com milhares de programas de edição de fotos: só é preciso encontrar um que se adapte melhor às suas necessidades.

Dá até pra editar pelo celular! O app da VSCO, por exemplo, em sua versão gratuita vem com várias opções de filtros prontos e conta com bons ajustes fotográficos.

Mas o nosso programa favorito de edição de foto é o Lightroom, na versão desktop.

A vantagem desse programa é que ele tem muitas ferramentas, mas funciona com uma interface muito simples e intuitiva.

Como editar fotos de produto no Lightroom

Para te ajudar a editar fotos de produtos no Lightroom, estamos montando um e-book que vai te ensinar o passo a passo de como deixar suas imagens incríveis!

Nele você verá como fizemos para editar essa foto que tiramos para o nosso post sobre Branding:

Foto para e-commerce: como editar suas fotos de produto para ficarem incríveis!

Difícil de acreditar que são a mesma foto, né?

Para saber quando o e-book estiver disponível, deixe o seu e-mail abaixo:

Extra: dicas para tirar fotos de roupa!

Já quando o assunto é roupa, a história muda um pouco.

Isso porque queremos ver detalhes como o caimento da peça que não dá pra ver tão bem em uma peça esticada no chão ou pendurada em um cabide.

Uma alternativa ao estúdio fotográfico é usar as dicas que demos no primeiro tópico, sobre o equipamento, e posicionar a pessoa vestindo a roupa em frente a uma parede de cor lisa (se na sua casa ou escritório não tiver nenhuma com boa luz, com certeza na sua cidade tem várias!)

Para ficar mais interessante, e trabalhar o branding da sua marca, mescle essas fotos de estúdio informativas com outras ambientadas, de lifestyle.

Foto de roupa para e-commerce

exemplo das fotos de lifestyle que produzimos para a marca Bossa Social.

A vantagem dessas fotos ambientadas é que elas funcionam superbem em redes sociais também e costumam engajar mais do que as de estúdio!

O e-commerce dos seus sonhos!

Montar um e-commerce definitivamente é trabalhoso.

Essa foi só uma palinha de como você pode trabalhar melhor a parte visual da sua loja virtual, mas não se esqueça que também é preciso focar em um bom design, pontos de conversão, usabilidade…

Sem falar em outras estratégias que vão otimizar a sua conversão, como um bom trabalho de marketing digital, de SEO, de branding… UFA! Tudo isso mais a parte de realmente gerir o seu negócio: cuidar de equipes, estoque, caixa… 😱

Mas você não precisa fazer tudo sozinho!

Quando você empreende, existem milhões de coisas para serem resolvidas e é normal querermos centralizar tudo em nossas mãos (acredite, nós entendemos, é o nosso filho!). Mas, pensa só, o tempo que você gasta com uma tarefa poderia ser aproveitado em outras mais importantes!

Deixa a 7mídias te ajudar a ter o e-commerce dos seus sonhos! Que não seja só lindo e do jeito que você sempre sonhou, mas também otimizado para conversão e com ótima usabilidade.

EU QUERO UM E-COMMERCE INCRÍVEL! 😎

Se ficou com alguma dúvida sobre e-commerce e/ou fotografia, pode perguntar aqui nos comentários, vamos adorar te ajudar!

Quer mais conteúdo legal assim? siga nossas redes sociais e fique sempre de olho no nosso blog! (:

Um abraço e até a próxima 🙂